Goianésia - Nesta terça-feira, 14, o Conselho Tutelar de Goianésia recolheu três crianças no Setor Sul, região sul de Goianésia, após receber denúncia de que os menores estariam sozinhos em casa, além de estarem sofrendo maus tratos e em situação de vulnerabilidade.

Durante a averiguação, que contou com o apoio da Polícia Militar, a conselheira se deparou com três crianças trancadas na residência, sendo um casal de gêmeos, de 07 anos, e um menino, com 06 anos. Elas estavam sozinhas, ou seja, sem a supervisão de um adulto. A mãe dos menores só foi chegar na casa cerca de 10 minutos depois.

Após fazer a vistoria da casa, o Conselho Tutelar identificou situação de insalubridade e muita sujeira, fezes de animais pela casa e uma das crianças de 07 anos com diversas lesões pelo corpo, e que segundo a mãe havia sido provocado por uma queda, no entanto, ao ser questionada pelos policiais militares a mulher relatou que seu marido, pai do menores, havia batido no filho como forma de corrigi-lo por causa de uma “arte” que havia feito contra um vizinho, porém, no momento da averiguação o homem estava para o trabalho.

A mulher foi questionada ainda sobre a falta de higiene, limpeza e salubridade da casa. Ele explicou que não possuía material de limpeza.

Diante dos fatos, todos os envolvidos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia. A mulher poderá responder por abandono de incapaz, lesão corporal, e maus tratos.