Durante patrulhamento tático pela região central de Goianésia, policiais do Grupo de Patrulhamento Tático - GPT - se depararam com um indivíduo em atitudes suspeitas na Avenida Brasil, esquina com a Rua 33.

De acordo com a polícia, de imediato foi feita a abordagem seguida de busca pessoal, e durante entrevista com o suspeito ele afirmou ser usuário de drogas e que teria certa quantidade de maconha em sua residência, assim, os policiais deslocaram até sua casa e após realizarem o adentramento tático iniciaram a busca domiciliar.

Sobre a geladeira, dentro de um pote, se encontrava uma sacola branca contendo certa quantidade de maconha. No quintal, foi encontrado um pé da mesma droga. Percebendo que no chão, próximo a uma bananeira, a terra estava muito mexida, os policiais cavaram e encontraram um pedaço de maconha pesando 358 gramas.

Momento depois, os militares receberam a informação de o outro morador da residência estaria escondido na casa de sua vizinha, assim, os PM’s foram ao local e encontraram o outro suspeito. Segundo populares, já havia denunciado a residência de movimento de usuários de droga e que a dupla são comparsas na venda de drogas.

Os suspeitos, de 25 e 23 anos, respectivamente, são oriundos do maranhão. Eles receberam voz de prisão por tráfico ilícito de drogas e foram levados para a Delegacia de Polícia juntamente com a droga, dois aparelhos celulares Samsung, e R$ 1.606 em dinheiro.