Faca usada para perfurar a mulher - Imagem: Divulgação/PCUm homem de 52 anos foi preso nesta quarta-feira, 05, por policiais da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher - DEAM - de Goianésia por ser suspeito de tentar matar sua companheira. Segundo a polícia, ele também é investigado por estupro.

A polícia informou também que o crime aconteceu na noite de terça-feira, 04, por volta das 20h00, em Santa Rita do Novo Destino. A vítima, de 51 anos, explicou aos PC’s que o companheiro, após passar o dia ingerindo bebidas alcoólicas, começou a lhe proferir xingamentos, instantes após, passou a agredir a vítima com um pedaço de corrente de ferro dobrada, causando lesões de grandes proporções em todo o corpo seu corpo.

Não satisfeito, o homem pegou um punhal, proferiu ameaças de morte e fez diversas perfurações nas pernas e costas da mulher.

No decorrer das investigações, a polícia apurou que no sábado, 01, o suspeito teria estuprado uma amiga de sua esposa. Na ocasião, ele teria queimado as pernas da mulher com cigarro, além de cortar parte da orelha com um punhal.

A Delegada responsável pelo caso, Poliana Bergamo, informou que o suspeito responderá a dois inquéritos policiais: um por tentativa de feminicídio, que prevê uma pena de doze a trinta anos, e outro pelo crime de estupro, com pena de seis a dez anos.

O suspeito já possui passagens por tentativa de homicídio e disparo de arma de fogo. Em seu interrogatório preferiu permanecer em silêncio.