Criança come ovo cru do chão a mando do pai - Imagem: ReproduçãoG1 Goiás - Um vídeo que tomou as redes sociais de Rio Verde, no sudoeste do estado, mostra um pai obrigando o filho de 4 anos a comer um ovo cru que a criança deixou cair no chão. Segundo a mãe do menino, o pai gravou as imagens e lhe enviou para mostrar a forma de castigo. O Conselho Tutelar acompanha a situação da família.

Na gravação, o pai ordena: "Vai chupar isso aí". O menino chora e se abaixa para colocar a boca no chão. Em seguida, o adulto insiste: "Chupa, chupa".

Assim que o garoto obedece, ele se levanta e o pai pergunta: "É bom? Eu falo para você ter cuidado com as coisas. Bom que na próxima vez você toma cuidado. Entendeu? Ouviu?". O menino responde com sons de choro como se consentisse.

O homem continua: "O pai aqui não passa a mão não. Não sou sua mãe. O que eu falei para você? Que se você deixasse o ovo cair, você ia tomar esse ovo cru", concluiu.

A mãe disse ao G1 que vai registrar um boletim de ocorrência na Polícia Civil por maus-tratos contra o ex-companheiro nesta sexta-feira, 23. "Quero ir lá o quanto antes", afirmou.

O pai da criança alega que foi uma brincadeira e que as imagens foram mal interpretadas pelas pessoas. Porém, admite que errou ao expor a criança àquela situação, na última quarta-feira, 21.

"Não maltratei nem humilhei meu filho. Estava apenas brincando e foi uma lição. A gente estava pegando ovos e falei para ele não deixar cair, senão iria comer. Uma coisa que fiz errado foi filmar para mostrar para a mãe dele. Aí ele começou a chorar", disse o pai.

O delegado Carlos Roberto Batista, de Rio Verde, informou que ainda não recebeu nenhuma reclamação oficialmente, mas que, ao assistir o vídeo, a princípio é possível dizer que houve crime de maus-tratos.

O Conselho Tutelar da cidade informou, por telefone, que uma equipe foi designada a ir, nesta sexta-feira, ao local onde o menino mora com o pai para avaliar a situação.

Separação
O casal esteve junto por cinco anos e está separado há um. A jovem conta que deixou o filho com o pai porque não tinha condições de criá-lo.

"Agora quero trazer ele de volta para morar comigo porque tenho como cuidar dele. Meu coração doeu muito ao assistir aquela cena. Não esperava isso do pai dele", desabafa a jovem.

A criança mora com o pai há um ano, desde a separação, e a mãe diz que nunca o viu executar esse tipo de castigo. O pai confirma que não bate no filho e que costuma educá-lo com lições e sermões.