Em reunião que ainda sendo realizada com autoridades e prefeitos de Goiás, o governador Ronaldo Caiado anunciou que os comércios não essenciais serão fechados novamente por 15 dias. A ideia, é que se instale no Estado o lockdown alternado, onde passa-se 15 dias fechado, e 15 dias aberto, até o mês de setembro.

De acordo com o relatório apresentado pela Universidade Federal de Goiás - UFG, esta medida pode evitar até 18 mil mortes daqui até o nono mês do ano, o boletim epidemiológico divulgado neste domingo, 28, mostrou que em todo Estado 435 pessoas já morreram devido a pandemia.

Ronaldo Caiado foi enfático ao se dirigir aos prefeitos. Ele disse que os prefeitos que não seguirem as regras que serão impostas deverão arcar com as consequências causadas covid-19, principalmente às cidades onde a curva está ascendente. Se necessário for será usado o poder de polícia.

Para o governador, um dos pontos que serão abordados também é a questão de famílias irem fazer compra em supermercados, causando aglomerações no interior e na porta dos estabelecimentos.

Quase 80% dos leitos de UTI do Estado estão ocupados. O novo decreto deverá ser publicado nas próximas horas.