Nesta sexta-feira, 25, o Tribunal Regional Eleitoral - TRE - recebeu o registro de candidatura de Pedro Gonçalves (MDB), e Marco Antônio Maia (PSDB), aos cargos de prefeito e vice, respectivamente, pela cidade de Goianésia, oficializando assim a união entre MDB e PSDB pela primeira vez na história da cidade.

Pedro Antônio de Oliveira Gonçalves, ou simplesmente Pedro Gonçalves, é o nome do advogado escolhido pelo MDB para disputar as eleições municipais de Goianésia. Natural de Goiânia, Pedro tem 37 anos, é solteiro e possuía até então a ocupação de Servidor Público Federal. Vai disputar o pleito na coligação “Unidos por Goianésia” em uma aliança formada pelo PV, PDT, PSL, PSD, PSDB e PTC. O limite de gastos da coligação é de R$ 1.190.630,68.

O advogado declarou possuir R$ 569.260,84 em bens.

Já Marco Antônio Zenaide Maia Júnior, é o nome do Delegado Marco Antônio, candidato a vice-prefeito (PSDB). Ele possui 41 anos, é casado e natural de Valença/BA. Marco Antônio declarou possuir R$ 338.107,55 em bens.