Motocicleta que a vítima conduzia - Imagem: Divulgação/PMNesta quinta-feira, 02, Altamiro Aragão Vieira, de 68 anos, morador do Assentamento Serrana, município de Vila Propício, morreu após sofrer um infarto enquanto conduzia uma CG 125 Today vermelha pela BR-414 e transportava sua esposa como carona.

A mulher explicou à Polícia Militar que seu esposo conduzia o veículo pela BR-414, sentido Assunção de Goiás (Dois Irmãos) à Cocalzinho, e que ao aproximar da placa indicativa de trevo ele começou a diminuir a velocidade, sem motivo aparente, e que dentro do perímetro do trevo ele perdeu a direção do veículo vindo a cair ficando debaixo da motocicleta e com a perna presa.

Altamiro Aragão, que havia sofrido dois AVC’s em 2018, foi socorrido por terceiros, no entanto, logo em seguida constataram que não apresentava mais sinais vitais. Devido a queda, a esposa da vítima sofreu escoriações leves nas pernas.

Foi feito contato com o delegado regional Marco Antônio Maia, o qual recomendou que acionasse a Secretaria de Saúde de Vila Propício, por não haver necessidade de atendimento da polícia Técnica-Científica, uma vez que a vítima havia morrido de causas naturais. O corpo foi removido com o apoio da Secretaria de Saúde e o encaminhou para Serviço de Verificação de Óbito - SVO - em Ceres.