G1 Goiás - Um homem de 49 anos morreu no Rio Padre Sousa em Pirenópolis, na região central do estado, logo após salvar duas crianças que estavam se afogando. O corpo de Lázaro Alves Moreira foi localizado pelos mergulhadores a cerca de 3 metros de profundidade.

O caso aconteceu no povoado de Jaranápolis e de acordo com o sargento do Corpo de Bombeiros Thiago Carlos Pereira de Sousa, que atendeu à ocorrência, esse trecho do rio é bastante usado por moradores da região para banho.

Inclusive, segundo o bombeiro, vários estudantes vão ao local após as aulas. Foram dois deles que começaram a se afogar no local.

"O homem entrou para tirar essas crianças da água. No momento em que ele conseguiu afastá-las, acabou sendo levado por uma pequena correnteza para um poço mais fundo e não conseguiu sair", disse Sousa ao G1.

O bombeiro, que integra a equipe de mergulho, disse que, quando chegou ao local, algumas pessoas ainda estavam mergulhando para tentar encontrar Lázaro, em vão.

Os bombeiros entraram na água e, cinco minutos depois, acharam o corpo do homem, que foi levado ao Instituto Médico Legal - IML - de Anápolis.

As crianças que foram socorridas por Lázaro não precisaram ser levadas ao hospital.