R7 - Aos 75 anos, o físico britânico Tony Williams perdeu sua "adorável esposa e alma gêmea" para um câncer de pâncreas. Desde então, Tony tem se sentido extremamente solitário, e o fato de não ter conseguido encontrar com quem conversar tornou as coisas ainda piores. Foi então que ele decidiu publicar um pedido de ajuda na porta de sua casa.

"Perdi a Jo, minha adorável esposa e alma gêmea. Não tenho amigos, família e ninguém com quem conversar. Acho o silêncio 24 horas por dia torturante. Alguém pode me ajudar?".

Após a morte da esposa, o morador da cidade de Alton, Inglaterra, conta que chegou a recorrer a outros métodos para socializar antes da placa em sua casa. Ele primeiro colocou dois anúncios, cada um custando 120 libras, no jornal local. Em seguida, ele também tentou distribuir cartões de visita para as pessoas durante uma de suas caminhadas.

Infelizmente, ninguém respondeu em nenhum dos casos. O anúncio na frente de casa foi o único que garantiu algum retorno. Agora, Tom virou notícia em vários veículos britânicos. Segundo ele contou à agência de notícias SWNS, ele e Jo tinham um relacionamento muito harmônico: "Sem segredos, abertura total, verdadeiras almas gêmeas".

Jo faleceu nove dias após o diagnóstico de câncer pancreático.