Empregados e empregadas da Unidade Niquelândia da CBA - Companhia Brasileira de Alumínio - estão dando exemplos práticos de que não existem barreiras para ações que trazem impactos positivos para a sociedade. No contexto da pandemia da Covid-19, o tradicional Desafio Voluntário, uma competição solidária que incentiva a realização de ações de voluntariado e promove a mobilização social, foi reformulado e, com criatividade, os empregados e empregadas conseguiram manter tanto o distanciamento social necessário neste momento quanto as doações que já beneficiaram diretamente aproximadamente 1,5 mil pessoas no município neste ano.

Ao todo, foram realizadas 13 ações coletivas e 40 ações individuais, no período de julho a setembro com engajamento de 180 voluntários e a comunidade. Diante do cenário da pandemia, uma das ações realizadas foi a arrecadação de 272 peças de máscaras faciais de tecido, além de 805 peças de roupas, para famílias em situação de vulnerabilidade social, de forma a contribuir com a saúde dessas pessoas.

Em outra iniciativa, foi promovido um chá da tarde para os idosos atendidos pelo Lar dos Idosos Almir Araújo Dias. Na ocasião, cuidadores da instituição auxiliaram na montagem de um lanche saudável doado pelos empregados e empregadas da CBA. Em paralelo, os idosos puderam conferir no telão vídeos com apresentações de dança, que divertiram e encantaram. Os 55 idosos foram beneficiados ainda com presentes especiais personalizados, também frutos de doações do Desafio Voluntário.

O formato live outra estratégia adotada para manter o engajamento em torno das iniciativas voluntárias. Em parceria com a Associação Comercial e Industrial de Niquelândia (Acin), uma transmissão ao vivo com shows de artistas locais angariou fundos para a construção de um quarto que vai auxiliar o Lar dos Idosos no isolamento social de novos integrantes do asilo durante a quarentena.

Além de bens materiais, os empregados e empregadas da CBA entenderam que o tempo é outro recurso valioso para ser doado. Pensando nisso, seguem realizando, de forma remota, oficinas diversas, como maquiagens para adolescentes e fabricação de colcha de retalhos, live de contação de histórias para crianças e até mesmo uma serenata virtual em homenagem aos profissionais da saúde.