Na efetivação da abordagem pessoal, o Estado, que é convencionado e legitimado por seus cidadãos, adota a restrição de determinados direitos e liberdades civis, em proveito de uma ação que garantiria a segurança pública, um dos valores supremos da sociedade.

Sabendo que a abordagem é um ato legal, necessário e justificado, caso você seja submetido à uma busca, siga as seguintes instruções:
✔ Fique calmo
✔ Não tente fugir
✔ Colabore com o policial militar
✔ Atenda às ordens
✔ Deixe suas mãos visíveis
✔ Não faça nenhum movimento brusco

Também conhecida como “busca pessoal”, a abordagem é o ato de procurar, no corpo do indivíduo realizador de conduta possivelmente criminosa, elementos que comprovem esse comportamento. Além da busca pessoal, existem as buscas em ambientes específicos, que possam reunir elementos de materialidade delitiva e adornar um lastro probatório. Exemplo disso são as buscas veicular e domiciliar.

De acordo com a legislação pertinente, a abordagem policial à um indivíduo exige, a priori, um mandado judicial. Todavia, a abordagem será absolutamente legal quando basear-se em fundada suspeita de estar a pessoa em posse de um elemento apto a comprovar a concretude de um crime ou contravenção.

As abordagens exigem respeito mútuo para que transcorram da melhor maneira possível e da forma mais rápida e eficiente.

Ainda tem dúvidas? Acesse o link: https://www.pm.go.gov.br/noticias/aspectos-legais-da-abordagem-policial.