O Grupo Divina Luz vem através desta se posicionar acerca de um vídeo que circula em determinados aplicativos de mensagens.

No vídeo, é registrado o momento em que colaboradores da empresa realizam o atendimento a um óbito ocorrido na Unidade de Pronto Atendimento - UPA de Goianésia, onde o autor da gravação faz declarações baseadas nas vestimentas de nossos colaboradores de que se trata de um óbito decorrente de Coronavírus (COVID-19).

Ressaltamos que Goianésia, até o momento, não tem nenhum caso de óbito confirmado ou suspeito ocorrido por Covid-19 e a reprovável atitude só tem a intenção de causar pânico e disseminação de notícias que em nada contribuem para o delicado momento em que estamos passando em todo o mundo.

Além disso, os EPIs de segurança utilizados pelos colaboradores da empresa, outrora gravadas e mencionadas pelo autor do vídeo, fazem parte das medidas de segurança, protocolos e orientações da OMS (Organização Mundial da Saúde), ANVISA e ABREDIF (Associação brasileira de empresas e diretores funerários), das quais devemos seguir, para garantir a segurança em caso de óbitos ocorridos por qualquer causa durante todo o período de quarentena.

Externamos o nosso extremo desconforto e repudiamos veementemente tal atitude que não respeitou o momento difícil que a família enlutada se encontrava.

Lamentamos o fato ocorrido e informamos ainda, que as medidas cabíveis serão tomadas contra os responsáveis e seguimos renovando o nosso compromisso com o combate ao Coronavírus.

Onde nossa principal preocupação é garantir a proteção e segurança de nossos colaboradores e clientes!