A Polícia Civil, por meio do Grupo Antirroubo a Banco - GAB/Deic, com o apoio da 8ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Uruaçu, 15ª DRP de Goianésia, DEIC de Joinville (SC) e 26ª Delegacia de Polícia de Samambaia (DF), realizou, quarta-feira, 06, operação no âmbito da Operação Paz, do Ministério da Justiça, visando reprimir crimes de associação criminosa e furto a estabelecimentos bancários.

A polícia informou que a operação cumpriu mandados de busca e apreensão e prisão preventivas nas cidades de Samambaia, Joinville e Goianésia. Após intensa investigação policial, os suspeitos foram identificados como sendo os autores do furto contra uma instituição bancária em Barro Alto, crime ocorrido na madrugada do dia 22 de maio de 2023, sendo subtraído R$ 48.000.

O texto da publicação continua após a publicidade

Além do crime praticado em Barro Alto, de acordo com a polícia, os investigados também são responsáveis pelos crimes, da mesma natureza, na cidade de Joviânia, em 2022, e Alto Horizonte, em meados de 2023, inclusive sendo cumprido mandado de prisão por este fato, em desfavor de um dos investigados, que já se encontrava foragido no Distrito Federal, em decorrência de investigação realizada pela Polícia Civil de Campinorte.

Os investigados encontram-se a disponibilidade do Poder Judiciário, onde serão processados e responderão por seus atos.