Welton Marques da Silva, de 31 anos, foi morto de forma bruta, na madrugada desta quinta-feira, 07, na Rua João Jaime Junior, Jardim Atlântico, em Niquelândia, região Norte de Goiás. O crime aconteceu durante uma briga de bar e as forças de segurança da cidade já investigam em que circunstância ocorreu o homicídio.

Inicialmente havia ocorrido uma briga generalizada, mas logo os ânimos se acalmaram e voltaram a consumir bebidas alcoólicas. Posteriormente, de acordo com testemunhas, um Gol prata, com três ocupantes, chegou ao local e a briga foi reiniciada. Para se defender, a vítima se apossou de uma foice, mas foi desarmado pelo motorista do Gol, tendo em seguida, sido agredido com vários golpes de tijolos na região do rosto.

O texto da publicação continua após a publicidade

Após as agressões que culminaram na morte de Welton Marques, os ocupantes do veículos fugiram tomando rumo ignorado e não foram localizados pela polícia que ainda realizaram patrulhamentos na cidade.

Quando os militares chegaram ao local, se depararam com uma equipe do SAMU realizando os primeiros socorros na vítima, mas nada puderam fazer, uma vez que ela não apresentava sinais vitais. Deste modo, o ambiente do crime foi isolado para que a Polícia Técnico-Científica realizasse a perícia e posteriormente liberasse o corpo ao Instituto Médico Legal (IML).

O veículo utilizado pelos supostos autores foi apreendido em frente a casa da mãe do suspeito que o conduzia, no entanto, os envolvidos não foram encontrados. Assim, o caso foi repassado para a Polícia Civil dar continuidade às investigações.