A Polícia Civil de Goiás, através da Delegacia Especializada no Atendimento ao Idoso de Goiânia – 1ª DRP, prendeu em flagrante delito um homem, nesta quarta-feira (29), em razão dos crimes de exploração financeira e maus-tratos perpetrados contra a sua própria mãe, uma idosa de 80 anos.

A ação policial se deu logo após o registro da ocorrência feito pelo irmão do autor (filho da vítima), que noticiou que sua mãe estava trancada há mais de cinco dias no interior da casa dela, sem acesso a ninguém, com sérios problemas de saúde. A idosa é amputada, diabética e cega, exigindo cuidados especiais, não prestados pelo filho, que também impedia os demais filhos de visitá-la.

O texto da publicação continua após a publicidade

A equipe policial compareceu no endereço indicado e constatou que a idosa estava sem se alimentar, sem medicamento e com o pé ferido. Após oitivas, foi identificado também a exploração financeira da vítima, uma vez que o autuado havia se apropriado do cartão da mãe recebendo seus proventos para proveito próprio. A idosa vítima foi internada na UTI em estado grave por conta da infeção no pé.