Infelizmente, o que deveria ser um ambiente tranquilo e saudável para os moradores do Residencial Colina Park se tornou um cenário de frustração e indignação, com o esgoto correndo a céu aberto na Rua 63. Caminhando pelas ruas do Residencial Colina Park, é impossível ignorar o problema. O esgoto corre livremente, expondo os moradores a riscos sanitários e causando transtornos no dia a dia. Sem falar do cheiro insuportável que toma conta do local.

Moradores do setor entraram em contato com a nossa reportagem e informaram que eles enfrentam o problema há cerca de dois anos, quando moradores da parte de cima do bairro começaram a fazer ligações clandestinas na rede de esgoto. Cada dia que passa, mais pessoas fazem a ligação, para se verem livres da fossa, e o problema só vai aumentando.

O texto da publicação continua após a publicidade

Diante da problemática, o Portal Meganésia procurou a Saneago, e em nota informou que “o Residencial Colina Park é um empreendimento particular e, dessa forma, a responsabilidade pela implantação dos sistemas de água e de esgoto é do empreendedor”.

De acordo ainda com a nota, a “Companhia só vai assumir a operação destes sistemas assim que o loteamento cumprir os requisitos da Análise de Viabilidade Técnica e Operacional, a popular AVTO, o que ainda não ocorreu”.

Segundo a Saneago, após a liberação dos projetos, em 2016, o empreendedor não executou as obras no período devido, e já solicitou, mais de uma vez, a prorrogação desse prazo”, sendo que a “análise está em andamento na Companhia”.

Em busca de respostas, procuramos também a empresa responsável pela implantação do loteamento. Claucidemir da Silva, o Tetila, encarregado de obras no loteamento, explicou que a rede de esgoto do setor ainda não foi liberada, e o vazamento ocorre justamente porque alguns moradores fizeram ligações clandestinas, porém, até que a obra seja concluída (construção de uma elevatória para receber os dejetos) e os moradores possam desfrutar do benefício, Tetila se comprometeu a amenizar o problema realizando a limpeza nos locais que estão ocorrendo o vazamento.

Os moradores do Residencial Colina Park esperam que os responsáveis pelo setor cumpram a promessa e resolvam esse grave problema, até porque eles merecem viver com dignidade, em um ambiente saudável e livre de esgoto a céu aberto.