Divulgação/Polícia civilA Subdelegacia de Polícia de Bonópolis, com apoio da Delegacia de São Miguel do Araguaia, deu cumprimento, na manhã de hoje (02/5), a mandado de prisão preventiva expedido em face um professor da rede pública do ensino do Estado, investigado pela prática reiterada de importunação sexual contra alunas de um colégio na cidade de Bonópolis. O investigado, que exercia a função de bibliotecário no colégio, nos anos de 2022 e 2023, importunou sexualmente e perseguiu algumas alunas                               

As vítima relataram convites de cunho sexual, perseguição pelos corredores, forçar contato físico e até apalpar as nádegas de uma das alunas como as principais queixas. Também disseram evitar sair da sala de aula ou circular sozinhas pelos corredores, pois temiam sofrer abordagens e importunação por parte do investigado.

O texto da publicação continua após a publicidade

A autoridade policial representou pela decretação da prisão preventiva do investigado. Em mandado de busca e apreensão no imóvel do investigado, foram apreendidos um aparelho celular, HD´s externos, cartões de memória, notebooks, entre outros suportes de armazenamento de arquivos digitais, os quais foram encaminhados para perícia.