Divulgação/Polícia CivilNesta quinta-feira, 27, a Polícia Civil de Goiás, através da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Goiânia, deu cumprimento a mandado de prisão temporária de um indivíduo de 23 anos pelo crime de tentativa de estupro ocorrido no último dia 18 de abril, no Setor Parque Tremendão, em Goiânia.

No dia dos fatos, uma adolescente de 16 anos caminhava até sua escola, por volta de 06h25, quando foi surpreendida por um homem que, descendo da motocicleta que pilotava, e mediante a utilização de violência, imobilizou a vítima por trás, tampou sua boca e a determinou que subisse em sua moto, momento em que iniciaram gritos por parte da jovem e o indivíduo fugiu do local. Os fatos foram parcialmente filmados por uma câmera de videomonitoramento, a qual apontou que, instantes antes do início dos atos executórios, o investigado aguardava alguma vítima passar pelo local, com manipulação de sua genitália.

O texto da publicação continua após a publicidade

Após o trabalho investigativo realizado pela DPCA de Goiânia, foi possível identificar o indivíduo que conduzia a motocicleta, sendo representado ao Poder Judiciário pela expedição de mandado de prisão temporária. Na oportunidade, foi cumprida busca e apreensão no endereço do investigado, sendo possível localizar a motocicleta, capacete e roupas utilizadas no dia dos fatos, corroborando a autoria do crime, já delimitada pela Polícia Civil. O autor já possuía passagem pelo crime de furto praticado em dezembro de 2022. Após interrogado, ele foi encaminhado à Delegacia de Capturas.

A divulgação da identificação do preso foi procedida nos termos da Lei 13.869/2019, portaria n° 547/2021 – PC, por despacho da autoridade policial responsável pelas investigações, justificada na possibilidade real de identificação de novas vítimas diante da espécie e modus operandi da infração penal praticada.



Fique bem informado, nos acompanhe em nossas redes sociais
Telegram
Instagram
Twitter
Facebook - Grupo
Facebook - FanPage