Divulgação/Polícia CivilA Polícia Civil do Estado de Goiás, por intermédio da 1ª Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Goiânia (Deaem), deu cumprimento, nesta terça, 10, a mandado de prisão preventiva expedido em desfavor de personal trainer investigado pelos crimes de dano, lesão corporal, injúria e ameaça, praticados no último dia 31 de março de 2023, no âmbito de violência doméstica e familiar contra a mulher.

Ao que se apurou, o autor mantinha relacionamento amoroso com a vítima há cerca de três meses, ao longo dos quais demonstrou ser possessivo e controlador. E foi assim que, no dia 29 de março de 2023, inconformado com a tentativa da vitima de colocar fim ao relacionamento, o investigado a ameaçou, dizendo que ela não tinha o direito de terminar com ele e, caso assim o fizesse, ele passaria com o carro sobre a ofendida.

Não satisfeito, no dia 31 de março de 2023, o autor abordou a vítima na academia em que ambos, personal trainers, davam aula e, após questiona-la sobre mensagens supostamente trocadas com um ex-namorado, o investigado, enraivecido, desferiu um soco no peitoral da vitima e a ofendeu com palavras de baixo calão, deixando o local em seguida, não sem antes destruir o veiculo da ex-namorada com o uso de um capacete.

Tão logo tomou conhecimento acerca do ocorrido, a Polícia Civil do Estado de Goiás, através da delegacia especializada, representou pela prisão preventiva do homem, o qual já ostenta passagem por crimes praticados no âmbito de violência doméstica e familiar, tendo o Poder Judiciário prontamente deferido a medida cautelar.

O agressor foi recolhido ao presídio e encontra-se agora à disposição do Poder Publico.



Fique bem informado, nos acompanhe em nossas redes sociais
Telegram
Instagram
Twitter
Facebook - Grupo
Facebook - FanPage