Divulgação/Polícia civil A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA) e Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) da 6ªDRP, cumpriu, no dia 28 de março, em Itumbiara, mandado de prisão em desfavor de mulher investigada por fazer parte de associação criminosa voltada à receptação de componentes e equipamentos.

No último dia 21, a DERFRVA, em conjunto com a PJCMT/Rondonópolis e PCPR/Cascavel, deflagrou operação policial para cumprimento de 20 mandados judiciais nos três estados. Sete pessoas foram capturadas na ocasião e duas permaneciam foragidas, entre elas, a mulher localizada no sul do estado. Em Goiás, em apoio à DERFRVA, estiveram as Delegacias Regionais de Itumbiara, Rio Verde e Posse.

O texto da publicação continua após a publicidade

A investigação apura existência de uma associação criminosa articulada para venda de componentes e equipamentos veiculares produtos de crime. De acordo com as investigações, as peças subtraídas em Goiás foram comercializados nos estados de Mato Grosso e Paraná.



Fique bem informado, nos acompanhe em nossas redes sociais
Telegram
Instagram
Twitter
Facebook - Grupo
Facebook - FanPage
WhatsApp - Grupo