Divulgação/ Polícia civilA Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia de Morrinhos, efetuou a prisão em flagrante de duas mulheres, de 22 e 26 anos de idade, pela prática do crime de tentativa de homicídio qualificada, praticado contra uma criança de 4 anos de idade.

Nesta terça-feira, 28, a Delegacia de Polícia recebeu a comunicação de agressões sofridas pela vítima, sendo que, inicialmente, a mãe da criança tentou descrever que os fatos estavam sendo cometidos pela madrasta.

O texto da publicação continua após a publicidade

Porém, durante os levantamentos iniciais, foi possível perceber que a versão da supostamente comunicante era falsa e que ela consentia e participava das agressões cometidas contra a vítima, a qual, devido à gravidade das lesões, foi encaminhada para o hospital municipal, sendo necessário internação em UTI diante das múltiplas lesões e queimaduras.

Diante dos fatos, equipes de policiais civis rapidamente efetuaram a prisão da genitora da criança, a qual já estava em tendência de fuga dessa cidade. Além disso, em outra diligência, as equipes policiais conseguiram ainda efetuar a prisão da madrasta da criança, a qual já estava nas proximidades da BR-153, em nítida evasão da cidade.

Diante dos fatos, as autoras foram conduzidas à Delegacia de Polícia Civil e autuadas em flagrante pela prática do crime de tentativa de homicídio qualificado, cujas penas podem atingir 20 anos de reclusão. Além disso, a genitora da criança ainda responderá pela falsa comunicação de crime.

Por fim, ainda deve ser destacado o apoio prestado pelas Policias Militar e Rodoviária Federal durante a perseguição e prisão das autoras do fato.



Fique bem informado, nos acompanhe em nossas redes sociais
Telegram
Instagram
Twitter
Facebook - Grupo
Facebook - FanPage
WhatsApp - Grupo