Divulgação/ Polícia civilA Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), após ações de inteligência e levantamentos em campo, localizou e apreendeu nesta quarta, 15, um menor de idade que criou perfil no Instagram para anunciar massacre, que ocorreria em escola do Jardim Tiradentes, em Aparecida de Goiânia/GO.

Na última terça-feira, 14, a Polícia Civil foi informada sobre a prática de um atentado terrorista em escola do Bairro Tiradentes, noticiado através de conta de rede social, contendo os seguintes dizeres: “Massacre no Tiradentes. Não falaria a data é só um aviso. Dica. Sou estudante de lá. Recomendo não ir se não quer morrer”.

O texto da publicação continua após a publicidade

Para espalhar as ameaças e nutrir medo entre os estudantes da localidade, o menor adicionou diversos alunos na conta criada. Após difusão da notícia, houve medo generalizado dos moradores da região, causando verdadeira comoção social dos pais, que proibiram seus filhos de frequentarem as escolas locais.

Durante as investigações, a Polícia Civil confirmou que o menor estudou na Escola Estadual Jardim Tiradentes e teve de pedir transferência, no mês de fevereiro, por conta de desavenças que nutria com outros alunos, o que ensejou a criação da página falsa para aterrorizar os estudantes do colégio e se vingar.

Os policiais lograram êxito em localizar e capturar o menor responsável pela criação do perfil, ocasião em que ele foi autuado pela prática de ato infracional análogo aos delitos de ameaça e incitação à prática de crime. O adolescente encontra-se apreendido e será apresentado ao Ministério Público.



Fique bem informado, nos acompanhe em nossas redes sociais
Telegram
Instagram
Twitter
Facebook - Grupo
Facebook - FanPage
WhatsApp - Grupo