Divulgação/Polícia civilNesta terça-feira, 14, a Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio do Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Goiás, em apoio a operação policial desencadeada pela Polícia Civil do Estado de São Paulo, deu cumprimento a mandado de busca e apreensão domiciliar na Cidade de Goiás em desfavor de investigado pela corporação policial paulista pelo recebimento de aproximadamente R$ 100 mil em criptomoedas decorrentes de um crime de extorsão qualificada pela restrição da liberdade de um casal de idosos, fato ocorrido na Rodovia Ayrton Senna em agosto de 2022. Tal modalidade criminosa é popularmente conhecida como “sequestro relâmpago”.

No momento do ingresso no imóvel, o investigado se trancou no banheiro e tentou dispensar cerca de 265 gramas de Skunk (super maconha) no vaso sanitário, bem como quebrou seu aparelho celular e uma balança de precisão. No quarto do investigado, foram encontrados frascos de anabolizantes, cerca de 30 gramas de Haxixe e R$ 720 em espécie. Todo o material foi apreendido, ao passo que o homem foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, passando à disposição do Poder Judiciário.

O texto da publicação continua após a publicidade


Fique bem informado, nos acompanhe em nossas redes sociais
Telegram
Instagram
Twitter
Facebook - Grupo
Facebook - FanPage
WhatsApp - Grupo