Durante solenidade de posse, novo defensor público-geral enalteceu postura democrática do Executivo goiano ao respeitar independência da DPE. Governador destacou a Defensoria como ferramenta de combate às desigualdades sociais, ao garantir assistência jurídica à população vulnerável

Governador Ronaldo Caiado assina termo de posse do novo defensor público-geral de Goiás: meta é reforçar o combate às desigualdades sociais. Foto: Júnior GuimarãesO governador Ronaldo Caiado declarou, nesta terça-feira (31/01), que pretende manter e aprofundar parceria com a Defensoria Pública Estadual (DPE) para melhorar o serviço de assistência jurídica prestado à população vulnerável. A afirmação fez parte de discurso proferido durante a solenidade de posse do novo defensor público-geral, Tiago Gregório Fernandes, no Centro Cultural Oscar Niemeyer, em Goiânia. Eleito pelos pares em novembro, o advogado estará à frente do órgão até 2024.

“Estarei em total parceria para que a mão forte do governo chegue a todos os quadrantes de Goiás. A Defensoria Pública dará às pessoas a atenção gratuita e a perspectiva de um amanhã melhor”, disse. Caiado defende a garantia de acesso à Justiça para a população em vulnerabilidade social como instrumento fundamental para o combate às desigualdades, meta de seu segundo mandato. “Precisamos convergir todas as forças com esse objetivo único”, completou.

Ao assumir o lugar de Domilson Rabelo da Silva Júnior, o novo defensor público-geral terá como missão o fortalecimento da DPE. O órgão conta com 129 defensores públicos nas comarcas de Goiânia, Aparecida de Goiânia, Anápolis, Inhumas e Trindade. “A cada ano, temos novos recordes de atendimento. São centenas de milhares de goianos atendidos, resgatados de algum contexto de vulnerabilidade, de forma integral e gratuita”, afirmou Fernandes.

O recém-empossado também fez questão de lembrar que o Governo de Goiás possibilita ao órgão atuação totalmente independente, conforme determinado pela legislação. “Há de se enaltecer a postura de absoluto respeito do Poder Executivo em relação à independência institucional da Defensoria Pública. É algo exemplar para toda a República brasileira”, ressaltou. Instalada em 2011, a DPE alcançou, entre 2019 e 2022, a marca de mais de 1,6 milhão de atendimentos.

Currículo
Tiago Gregório é graduado em Direito pela Universidade Federal de Goiás (UFG) e pós-graduado em Direito Civil pela mesma instituição. Já ocupou cargo de analista do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás. Na DPE-GO desde 2015, integrou a Comissão da Criança e Adolescente do Conselho Nacional das Defensoras e Defensores Públicos-Gerais. Além disso, exerceu o cargo de subdefensor-público geral para Assuntos Institucionais entre 2019 e 2022.

Também foram empossados nesta manhã os defensores públicos Allan Montoni Joos, como subdefensor público-geral do Estado para Assuntos Institucionais, e Mayara Batista Braga, como subdefensora pública-geral do Estado para Assuntos Administrativos. Participaram ainda do evento a primeira-dama Gracinha Caiado, representantes da Assembleia Legislativa, Tribunal de Justiça, Ministério Público Estadual, Tribunal de Contas do Estado e Ordem dos Advogados do Brasil.



Fique bem informado, nos acompanhe em nossas redes sociais
Telegram
Instagram
Twitter
Facebook - Grupo
Facebook - FanPage
WhatsApp - Grupo