Aliados do presidente Jair Bolsonaro (PL) têm tentado convencê-lo de que a passagem de cargo ao presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), pode ser entendida como "um ato de grandeza" e ajudar a fortalecer a oposição a Lula.

O governador eleito de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), que esteve com Bolsonaro na semana passada, e o ministro Jorge Oliveira, que chegou ao TCU (Tribunal de Contas da União) por indicação de Bolsonaro, têm tentado dar força ao movimento pela passagem da faixa.

O texto da publicação continua após a publicidade

Até o momento, segundo os interlocutores, o presidente não tem se pronunciado. A informação é a de que Bolsonaro viaje no dia 28 para uma temporada no condomínio Mar-a-Lago, em Palm Beach, na Flórida.



Fique bem informado, nos acompanhe em nossas redes sociais
Telegram
Instagram
Twitter
Facebook - Grupo
Facebook - FanPage
WhatsApp - Grupo