Com a Mostra dos Alunos das Oficinas do Centro Cultural Berchiolina Rodrigues, no Teatro Maria Ivony Corrêa Guimarães, no sábado, 17, foram encerradas as atividades alusivas à agenda do Natal Luz Goianésia 2022 naquele espaço multicultural, que ainda abriga, até o dia 23, a Feira da Diversidade, que ocorre na Galeria de Artes Adão Rocha, denominação oficial do hall de entrada do Centro Cultural.

A decoração natalina nas Praças Laurentino Martins Rodrigues, no Centro, e Dimas Carrilho, no Bairro Carrilho, que tem atraído numeroso público, entre famílias goianesienses e visitantes, bem como das ruas e avenidas da cidade e o túnel na Avenida Goiás, também no Centro, seguem dando brilho, magia e o encantamento do Natal de Goianésia que promete, para o ano quem, estrutura ainda maior e mais encantadora.

A Mostra
Na Mostra dos Alunos do Centro Cultural, foram feitas apresentações das oficinas de Ballet, ministrada pela professora Rafaella Cardoso Miranda Vasconcelos; de Teatro, Paula Lopes; de Canto, Ruth Ester Chaves Santos Moreira; de Violão e Teclado, Ednardo Mendes da Silva, o Nahin; e a exposição de telas da Oficina de Pintura, ministrada pelo professor José Ricardo dos Santos.

Foi a segunda Mostra de Alunos das Oficinas oferecidas para a comunidade pela Prefeitura de Goianésia, nesta programação do Natal Luz 2022. No dia 1º de dezembro, os mesmos professores que as ministram fizeram apresentações iguais, também no Teatro do Centro Cultural, de seus alunos do Centro de Artes e Esportes Unificados Vereador Adélio Mendes da Costa (CEU das Artes) - a 4ª Mostra dos Alunos do CEU das Artes incluiu, ainda, as oficinas de Karatê e de Dança Ritmos, ministradas pelo sansei Ronaldo Pedrolli e por Geovanna Kamille Dias, respectivamente.

Na Mostra desse sábado, enquanto o palco era ocupado por alunos e professores de Ballet, Teatro, Canto, Teclado e Violão, os de Pintura, liderados pelo artista plástico José Ricardo, se revezavam na pintura, ao vivo, de uma tela que, ao fim das exibições, retratou o nascimento de Jesus Cristo, tema escolhido em razão do período natalino. O professor e cerca de 20 de seus alunos das duas turmas do Centro Cultural, uma delas especial, formada por idosos internos do Lar São Vicente de Paulo, concluíram em pouco mais de uma hora a pintura, admirada e aplaudida pelo público.

Professor da Oficina de Teclado e Violão, Nahin considera importante a Mostra no palco para fazer nascer a sementinha nos alunos das oficinas: “É aqui nesse palco que eles pegam o gosto pela música, ser os novos tecladistas, porque a minha área é a música popular, a música que você escuta no rádio, na internet, a música do povão mesmo, que as pessoas aprendem e escutam no churrasco, na igreja. E hoje foi bacana demais, fiquei feliz com o que eu vi dos meninos”, disse Nahin, em cuja apresentação mostrou duas de suas músicas autorais, O Natal e O Nascimento de Jesus, gravadas pelo Estúdio Musical D & R Bahia com seus parceiros e alunos das oficinas, que também as interpretaram no palco.

“Está lá nas minhas redes sociais: @nainmendes ou Ednardo sertanejo, no YouTube; e nain.mendes no Facebook. Quem quiser compartilhar, curtir, dar uma força para os meninos, é só entrar nessas redes sociais, que já está ajudando demais”, disse Nahin, que elogiou a Mostra como um todo.

“Foi perfeito, tudo, as apresentações, teatro, ballet, do canto, que músicas lindas, tudo perfeito, tudo com muito esforço dos professores e a dedicação dos alunos, pois sem a dedicação deles não sai nada. Foi tudo perfeito. Com o Odair na coordenação, dando toda a liberdade para a gente, o pessoal do som, a gente enjoando deles, mas foi tudo perfeito. Foi tudo maravilhoso”, encerrou Nahin.



Fique bem informado, nos acompanhe em nossas redes sociais
Telegram
Instagram
Twitter
Facebook - Grupo
Facebook - FanPage
WhatsApp - Grupo