Imagem da internetNa noite desta quinta-feira, 24, uma briga generalizada em Barro Alto, terminou em tragédia. Uma pessoa morreu e outra foi esfaqueada. O fato foi registrado em uma distribuidora na Rua 02, próximo ao Lago Serra do Níquel, Bairro Extrema.

O suspeito de ter cometido o crime, de 28 anos, conseguiu fugir e está sendo procurado pelas forças policiais da cidade.

O texto da publicação continua após a publicidade

Testemunhas relataram à Polícia Militar que o suspeito teria entrado em vias de fato com uma das vítimas, identificada como Fernando Silva, de 33 anos, em que o motivo teria sido porque o suspeito teria agredido sua esposa na distribuidora. A vítima teria desferido vários socos no rosto suspeito, fazendo com que ele caísse, porém, assim que se levantou, foi até seu carro, se apossou de uma faca, e foi em direção a Fernando.

Temendo o pior, Fernando tentou correr, mas escorregou e caiu, momento em que o suspeito lhe desferiu um golpe nas costas. Em seguida, o suspeito voltou para seu carro, uma Strada branca, e tentou fugir, porém, pessoas que estavam na distribuidora e presenciaram os fatos, tentaram impedir a fuga jogando tijolos e pedras no carro.

Uma das pessoas que tentavam impedir a fuga era João Batista de Alencar, de 42 anos. Ele estaria de posse de uma ripa de aproximadamente dois metros e batia com ela no carro. O suspeito só conseguiu fugir após descer do carro e desferir um golpe de faca no pescoço de João Batista, que foi socorrido por terceiros e levado ao Hospital Municipal, mas não resistiu e morreu.

Na tentativa de localizar o suspeito, um reforço policial chegou em Barro Alto e realizou saturação em diversos pontos da cidade, encontrando o veículo do suspeito guardado em uma residência na Vila Dona Moça. O proprietário da casa, um homem de 38 anos, teria dado fuga ao suspeito até o entrocamento de Barro Alto/Goianésia, onde o pai do suspeito, em outro veículo, completou a fuga, sentido “Dois Irmãos”. Tanto o amigo do suspeito, como o pai, foram presos e levados para a Delegacia de Polícia de Goianésia, juntamente com o veículo do suspeito, que apresentava manchas de sangue em seu interior.

O caso está sendo investigado pelo delegado Marco Antônio Maia. Ele poderá ser indiciado por homicídio, tentativa de homicídio e agressão.



Fique bem informado, nos acompanhe em nossas redes sociais
Telegram
Instagram
Twitter
Facebook - Grupo
Facebook - FanPage
WhatsApp - Grupo