Divulgação/PCA Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Subdelegacia de Polícia de São Francisco, prendeu em flagrante, uma mulher, em razão da prática dos crimes de ameaça, perseguição e posse de munição, todos no âmbito da Lei Maria da Penha.

A vítima procurou a Subdelegacia relatando que sua ex-namorada, não aceitando o fim do relacionamento, começou a persegui-la. Na sexta-feira, 21, a suspeita foi até a residência da ex-namorada e passou a bater em sua porta e gritar, tudo para chamar sua atenção. Não satisfeita, no dia seguinte passou a mandar áudios ameaçadores contra ela. A vítima afirmou ainda que a ex poderia possuir uma arma de fogo.

Diante disso, os policiais civis lotados na Subdelegacia, com apoio do Grupo de Investigação de Homicídios - GIH - de Goianésia, realizaram diligências e encontraram a mulher, oportunidade em que a prenderam em flagrante. Ela foi encaminhada para a Delegacia de Polícia para a realização dos procedimentos de praxe e se encontra à disposição do Poder Judiciário.



Fique bem informado, nos acompanhe em nossas redes sociais
Telegram
Instagram
Twitter
Facebook - Grupo
Facebook - FanPage
WhatsApp - Grupo