Chegou ao fim nesta sexta-feira, 21, a luta de Davi Alves de Andrade, que nasceu no Hospital Municipal Irmã Fanny Duran, no dia 28 de setembro. Depois de vários dias internado em uma UTI em Goiânia, o recém-nascido acabou falecendo.

Leandro José de Andrade, pai de Davi, explicou que além do problema cardíaco, o pequenino contraiu uma infecção pulmonar que o impediu de fazer a cirurgia.

“Ele não conseguiu esperar para fazer a cirurgia, devido ter pego infecção pulmonar. E com isso o coração não aguentou. Sei que fizemos de tudo que estava ao nosso alcance, ele foi para o recurso, mas Deus tinha outros planos para nosso pequeno Davi. Hoje ele está ao lado do Pai, e nos deixou um aprendizado muito grande, que ele lutou, foi um guerreiro, fez tudo para estar com a gente”, disse.

O pai de Davi aproveitou para agradecer a todos que ajudaram a família.

“Agradeço de coração a todos que nos ajudou com orações, intercessões, ajuda financeira, no momento em que mais precisamos. Não obtivemos o resultado que tanto gostaríamos, que era trazer meu anjinho para casa com vida. Uma passada breve nessa terra, mas nos ensinou o quanto somos queridos e amados por muita gente que conhecemos e que nem conhecemos”, finalizou.

O corpo de Davi está sendo velado no Memorial Divina Luz (Avenida Goiás nº 577, Setor Sul), Sala Lírio, e o sepultamento acontecerá no Cemitério Municipal Jordelino José da Silva, em Goianésia, às 14h30.



Fique bem informado, nos acompanhe em nossas redes sociais
Telegram
Instagram
Twitter
Facebook - Grupo
Facebook - FanPage
WhatsApp - Grupo