Divulgação/PCA Polícia Civil de Barro Alto, comandada pelo delegado Marco Antônio Maia, continua com 100% de elucidação de todos os crimes violentos ocorridos em 2022. O último, ocorrido na madrugada de terça-feira, 27, quando uma mulher de 45 anos, moradora de Goianésia, foi esfaqueada nas proximidades da rodoviária, não só foi elucidado, como já teve o primeiro suspeito localizado.

De acordo com o delegado, na terça-feira, a Polícia Civil foi informada que uma mulher teria sido encontrada no banheiro da rodoviária, com várias perfurações provocadas por arma branca. Ela teria ficado por horas dentro do banheiro à espera de socorro, até que funcionários da rodoviária a encontraram e acionaram o SAMU. Após ser socorrida e encaminhada para o Hospital Municipal de Barro Alto, posteriormente precisou ser transferida para o Hospital Regional de Uruaçu, onde recebeu tratamento e não corre mais risco de morte.

O texto da publicação continua após a publicidade

Iniciadas as investigações, os dois suspeitos de terem cometido o crime foram identificados, e na tarde desta quarta-feira, 28, um adolescente de 17 anos, que seria o autor das facadas, foi apreendido. As investigações apontam que ele, na companhia de outro menor, ainda não localizado, teria cometido o crime.

A polícia informou que o menor apreendido confessou ter dado as facadas na vítima e afirmou que a intenção deles eram estuprar a mulher, mas como ela reagiu, ele a esfaqueou, deixando-a caída no chão, acreditando que ela teria morrido. A vítima aguardou que os autores fossem embora, fingindo-se de morta, e então se levantou e correu para o banheiro da rodoviária e se escondeu, até ser socorrida.

O menor que já tinha outra passagem pelo crime análogo ao estupro foi apreendido em flagrante e encontra-se na Delegacia de Polícia a disposição da justiça.



Fique bem informado, nos acompanhe em nossas redes sociais
Telegram
Instagram
Twitter
Facebook - Grupo
Facebook - FanPage
WhatsApp - Grupo