Policiais civis do estado de Goiás, por meio das Delegacias de Ceres e Santa Isabel, prenderam temporariamente, na sexta-feira, 19, um homem, morador de Santa Isabel, suspeito de prática do art. 217 do Código Penal.

De acordo com as investigações, uma jovem de 22 anos, que estava passando o fim de semana do dia dos pais na cidade de Santa Isabel, saiu acompanhada do rapaz no dia 13 de agosto e apenas três horas depois teria sido deixada pelo suspeito, em uma rua próxima a casa de familiares, alcoolizada, desorientada, com os joelhos e braços machucados, e com suspeita de abuso sexual.

O texto da publicação continua após a publicidade

De imediato, a Polícia Civil realizou a oitiva da vítima, ouviu testemunhas e requisitou exames de prática sexual delituosa e lesões corporais, que revelaram fortes indícios de que a garota, sem qualquer condição de oferecer resistência, foi abusada sexualmente com emprego de violência física.

Com as provas técnicas e testemunhais trazidas aos autos do inquérito, foi representada pela prisão temporária do investigado, decretada pelo Poder Judiciário com manifestação favorável do Ministério Público.

Após horas de diligências, policiais civis conseguiram abordar e prender o suspeito, que tentou fugir, mas foi preso conduzindo uma motocicleta próximo ao posto da entrada da cidade. Levado a sua residência, a equipe da polícia encontrou, em cima do guarda roupas, uma arma de fogo, calibre 9mm, registrada em seu nome, e várias munições, que foram apreendidas e encaminhadas a perícia criminal.

O preso foi recolhido na Unidade Prisional de Rialma, à disposição do Poder Judiciário. As investigações prosseguem para a devida conclusão nos próximos 30 dias.

De acordo com a polícia, as imagens do suspeito não serão divulgadas para não atrapalhar as investigações e para proteção da intimidade da vítima.



Fique bem informado, nos acompanhe em nossas redes sociais
Telegram
Instagram
Twitter
Facebook - Grupo
Facebook - FanPage
WhatsApp - Grupo