Uma adolescente de 16 anos escreveu uma carta para a mãe, na qual conta que foi estuprada pelo pai desde os 5 anos de idade. Quando o ocorrido foi denunciado, o homem foi preso. O caso foi revelado pelo portal G1.

Segundo a jovem, o suspeito dizia que, caso ela avisasse alguém, seria morta. O pai ameaçou matar o irmão e a mãe da menina. O crime aconteceu em Mongaguá, no litoral de São Paulo, e foi registrado no Departamento de Polícia Judiciária do Interior-6.

O texto da publicação continua após a publicidade

Após receber a carta, a mãe da adolescente denunciou o crime à Polícia Civil. O suspeito, de 57 anos, estava escondido em uma casa no bairro Jardim Leonor, quando foi encontrado por agentes da Delegacia de Defesa da Mulher.

O homem confessou o crime de estupro, mas negou que tenha ameaçado a menina e outros familiares. Segundo o G1, ele está preso de forma provisória. O caso tramita em segredo de Justiça, mas as informações são de que o homem foi indiciado pelo crime.

A Polícia Civil revelou que o suspeito tinha conversas com a filha por aplicativo de mensagens, o que também dá indícios de comprovação do crime.

Agora, a investigação foi encaminhada ao Ministério Público, que vai avaliar se há elementos suficientes para apresentar uma denúncia.



Fique bem informado, nos acompanhe em nossas redes sociais
Telegram
Instagram
Twitter
Facebook - Grupo
Facebook - FanPage
WhatsApp - Grupo