O Centro de Apoio ao Surdo (CAS), órgão da Secretaria Municipal da Mulher, Família e Direitos Humanos de Goianésia, recebeu, da Câmara Municipal, Moção de Aplauso, entregue também a outras pessoas e órgãos, destacados por suas ações e diferença que fazem no desenvolvimento econômico, social, educacional e cultural da cidade.

A sessão solene de outorga das homenagens, presidida pelo vereador Fábio da Enigma (MDB), foi realizada na semana passada, 17 de maio, prestigiada por representantes de vários segmentos sociais.

O texto da publicação continua após a publicidade

A Moção de Aplauso é instrumento de reconhecimento e estímulo às pessoas ou instituições que contribuem para o desenvolvimento do Município, de forma profissional ou voluntária, cujo trabalho o Poder Legislativo valoriza por meio de proposta aprovada pelos vereadores no plenário.

Na ocasião, além do CAS, outras 16 instituições e pessoas receberam igual reconhecimento, entre elas o craque Nonato, ídolo e o maior artilheiro da história do Goianésia Esporte Clube.

No caso do CAS, a Moção de Aplauso nº 010/2022 foi aprovada no dia 29 de março de 2022, proposta pelos vereadores Edvaldo da Jalles (PSDB); Múcio Santana e Dr. Marcos Vinícius, ambos do MDB; e Sargento Ariosvaldo, Ismael do Gasparino e Paulo Henrique, os três do União Brasil.

O CAS faz parte do Centro de Apoio ao Deficiente (CAD), que tem outras duas ramificações, voltadas para os cadeirantes e para pessoas com paralisia cerebral, níveis quatro e cinco, todos projetos criados pela primeira-dama e secretária de Assistência e Promoção Social; e da Mulher, Família e Direitos Humanos, Eloá Menezes, com o apoio do prefeito Leonardo Menezes, que se sensibilizou com a necessidade da comunidade surda, bem como dos cadeirantes e das pessoas com paralisia cerebral, ter esse espaço na sociedade.

Copa de Futsal de Surdos
São 80 surdos cadastrados no CAS, reconhecido precipuamente pela organização da Copa Goianésia de Futsal de Surdos e recepção dos atletas, aos quais garantiu suporte através de intérpretes de Libras, a Língua Brasileira de Sinais.

A competição, com a participação de equipes de Goianésia, Goiânia, Luziânia e Anápolis, foi realizada no dia 13 de março e cumpriu o seu objetivo de promover ao surdo atleta a inclusão ao esporte em sua língua, dando-lhe acesso a recursos especiais para o seu pleno desenvolvimento esportivo e consequente inclusão na sociedade.

Os vereadores autores da proposição reconheceram a disputa uma “ação louvável de inclusão social” e elogiaram a direção da disputa, atribuída à coordenação do órgão. Eles mesmos fizeram a entrega da Moção ao CAS, representado, no ato, por sua coordenadora, a profissional em Libras, Dulcy Ananias.

Repercussão
A secretária municipal da Mulher, Família e Direitos Humanos, a primeira-dama Eloá Menezes disse ser muito gratificante o CAS receber essa homenagem da Câmara dos Vereadores de Goianésia e agradece aos vereadores, pelo reconhecimento, e ao prefeito Leonardo Menezes todo o apoio recebido para esse projeto.

“É um trabalho de muita representatividade que fazemos para os surdos, que ganharam voz aqui em Goianésia. E eles receberam essa Moção com muito carinho, eles são muito gratos”, disse a secretária Eloá Menezes.

“E os trabalhos para eles não param por aí. Já fizemos a Central de Apoio ao Surdo, basicamente interpretação para eles nos órgãos públicos, nos bancos e também dos vídeos institucionais do Município. E vamos iniciar agora em agosto, em parceria com a Educação, um curso de alfabetização para os surdos, a fim de alfabetizá-los, pois poucos dos surdos de Goianésia são alfabetizados, e inseri-los no mercado de trabalho. É o nosso desejo e estamos trabalhando para isso”, garantiu a secretária Eloá Menezes.



Fique bem informado, nos acompanhe em nossas redes sociais
Telegram
Instagram
Twitter
Facebook - Grupo
Facebook - FanPage