Imagem: Yahoo!Um homem, que não teve sua identidade revelada, suspeito de tentativa de estupro contra uma funcionária de um sex shop, foi agredido até a morte por testemunhas do crime. Os crimes teriam acontecido no Riacho Fundo II, no Distrito Federal, na sexta-feira, 11.

À polícia, a vítima relatou que o homem havia chegado na loja e pedido para ver alguns produtos, porém, quando ela foi busca-los, o suspeito tentou agarrá-la e não satisfeito ainda começou a agredi-la. Em seguida o homem enforca a vítima e a arrasta pelos cabelos. Tudo foi captado pela câmera de segurança do estabelecimento.

O texto da publicação continua após a publicidade

A intenção do suspeito era de arrastar a vítima para um canto da loja, para então consumar o estupro, mas ela resistiu. Neste momento, um outro homem entra na loja e tenta tirar o agressor de cima da vítima, mas em vão. Em seguida, outras duas pessoas entram no sex shop e arrasta o agressor para fora.

Pelo menos quatro pessoas já foram identificadas pela polícia como sendo suspeitas de matarem o agressor. Ainda de acordo com a Polícia Civil, o suspeito foi agredido por testemunhas e morreu vítima de uma parada cardiopulmonar. Ele chegou a ser atendido pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu.

Informações dão conta que uma irmã do agressor, que chegou no local ainda enquanto o ele era agredido, informou à polícia que o irmão estava sob efeito de drogas. O caso segue sendo investigado pela 29ª Delegacia de Polícia, do Riacho Fundo.



Estamos com uma nova conta no Instagram! Fique bem informado. Clique aqui e siga-nos no Instagram