O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, se reuniu na manhã desta segunda, 07, em São Paulo, com o ex-governador Geraldo Alckmin e selou a entrada do ex-tucano no partido.

O dirigente e Alckmin ainda não definiram a data de filiação, mas o acordo é um passo importante na aproximação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com os pessebistas. A estratégia é lançar Alckmin candidato a vice na chapa encabeçada pelo petista.

O texto da publicação continua após a publicidade

A ida de Alckmin para o PSB, porém, não resolve o impasse sobre a candidatura do campo da esquerda em São Paulo. Segundo aliados do ex-governador, um cenário possível é que Alckmin e Lula se dividam nos palanques aliados no Estado: o ex-tucano pedindo votos a Márcio França (PSB) e Lula para o ex-prefeito Fernando Haddad (PT).



Fonte: Estadão | Fique bem informado. Clique aqui e siga-nos no Instagram