A corrida presidencial de 2022 entrou em uma fase decisiva, com as principais pré-candidaturas já colocadas e intensa movimentação dos atuais favoritos - o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o postulante à reeleição Jair Bolsonaro (PL) - e dos que tentam despontar na chamada terceira via.

Definições que se arrastavam sumiram do radar e, a menos de um ano do pleito, pré-candidatos e partidos travam batalhas por crescimento e consolidação nas pesquisas, formação de alianças e atração de apoios, embora ainda restem pendências no horizonte.

O texto da publicação continua após a publicidade

Para próximo ano, os bastidores já falam em mais de 10 nomes que poderão disputar a eleição para presidente do Brasil. Nomes como o de Jair Bolsonaro (PL), Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Sergio Moro (Podemos), Ciro Gomes (PDT), João Doria (PSDB), Rodrigo Pacheco (PSD), Simone Tebet (MDB), Luiz Henrique Mandetta (DEM/União Brasil), Luiz Felipe d'Avila (Novo), Alessandro Vieira (Cidadania), André Janones (Avante), Cabo Daciolo (Brasil 35), Leonardo Péricles (UP), e Aldo Rebelo (sem partido), já figuram como possíveis presidenciáveis.

Fique por dentro das principais datas referente às eleições 2022
* 2 de abril - Prazo final para a filiação partidária e mudança de domicílio eleitoral

* Abril - Mês da janela partidária, em que parlamentares podem mudar de legenda sem perda de mandato

* 20 de julho a 5 de agosto - Prazo para a realização das convenções partidárias

* 15 de agosto - Prazo final para o registro de candidatos na Justiça Eleitoral

* 16 de agosto - Data em que passa a ser permitido fazer campanha, com pedido de voto

* 2 de outubro - Primeiro turno da eleição

* 30 de outubro - Segundo turno da eleição



Fique bem informado. Clique aqui e siga-nos no Instagram