Yahoo - Um homem de 38 está foragido após estuprar a própria vizinha, na cidade de Governador Valadares, Minas Gerais. O crime aconteceu horas depois de o suspeito ter se casado com outra mulher.

De acordo com informações do jornal Estado de Minas, a esposa do criminoso contou à polícia que o casal havia se casado no civil no sábado, 13, e faria a cerimônia religiosa no domingo.

Também aos agentes, a vítima de 23 anos relatou que estava em casa quando, por volta das 02h00, foi surpreendida pelo rapaz em sua área de serviço. Ele empunhou uma faca que estava no local e exigiu o telefone celular da jovem, que o entregou.

O suspeito, então, disse que mataria a moça e suas duas filhas de dois e quatro anos. Ele a levou para a sala e deu início ao estupro. “Vou me casar e essa vai ser minha despedida”, teria dito.

Durante a execução do crime, o homem consumiu um pino de cocaína e invadiu o quarto das crianças, nu, afirmando que as mataria.

A mulher conseguiu contatar a Polícia Militar e fazer a denúncia. Ela também relatou o ocorrido à sua mãe, que, ao ouvir as características do criminoso, suspeitou de um vizinho.

Na residência apontada pela mulher, os agentes encontraram a esposa do suspeito. Ele confirmou a informação sobre o casamento e informou que o marido havia desaparecido após a cerimônia no civil.

O rapaz chegou a retornar à casa pela manhã no domingo, mas disse que sairia para comprar leite e não voltou mais. Ele segue foragido.

Já a vítima foi levada ao Hospital Municipal de Governador Valadares e passou por atendimento médico. Liberada, entregou à polícia a faca e uma toalha usadas pelo homem, além do pino com restos de cocaína.



Fique bem informado. Clique aqui e siga-nos no Instagram