Goiânia - O ex-governador de Goiás e ex-prefeito de Goiânia, Iris Rezende, de 87 anos, foi extubado e reconheceu as filhas quando elas entraram na Unidade de Terapia Intensiva - UTI - para visitá-lo nesta terça-feira, 10. Ana Paula Rezende disse em entrevista coletiva que o pai está acordado, mas um pouco confuso por causa da sedação.

"Ele nos reconheceu, pediu água, pediu para ir embora e isso nos deixou aliviadas. Ele respira sem ajuda de equipamentos e também está com os movimentos perfeitos. Nos deu uma alegria muito grande", contou a filha.

O texto da publicação continua após a publicidade

O político foi internado após sentir passar mal e foi submetido a uma cirurgia para conter uma hemorragia no cérebro provocada por um acidente vascular cerebral - AVC, na sexta-feira, 06, no Instituto Neurólogico.

O AVC hemorrágico ocorre quando há rompimento de um vaso cerebral. Segundo o médico, a tomografia mostrou que ele estava com uma hemorragia enorme no lobo temporal direito e, como ele fazia uso de anticoagulantes, a equipe decidiu pela cirurgia de urgência.

A equipe médica informou nesta terça-feira, por meio de boletim, que Iris Rezende passou de "estado crítico" para "grave", mas apresenta melhora do nível de consciência e responde a comandos.

O comunicado diz ainda que ele está "em respiração espontânea. Melhora do controle da pressão arterial. Funções de outros órgãos normais". Ainda não há previsão de alta.

Ana Paula Rezende contou que, segundo os médicos, o pai está bem por causa do bom preparo físico, exercícios físicos e dieta correta que fez durante a vida. "Isso foi fundamental. Também tenho certeza que as orações das pessoas têm feito ele melhorar", comentou.

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), esteve na unidade médica nesta terça-feira e disse que o político apresenta bom "nível de consciência".

"Lógico que, nessa fase, vocês conhecem a inquietação do Iris, ele quer ir embora dali. Mas está fazendo todos os exercícios de fisioterapia. O prognóstico é excelente diante da evolução que se tem esperado, dado a idade dele", comentou Caiado.