Goiânia - É com grande consternação e imenso pesar que eu e minha esposa, Gracinha Caiado, recebemos a notícia, na manhã desta segunda-feira, 09, do falecimento do ex-governador de Goiás e amigo de minha família, Ary Ribeiro Valadão.

Goiás perde um dos seus históricos líderes, aos 102 anos, vítima de pneumonia.

O texto da publicação continua após a publicidade

Nascido em Anicuns, Ary Valadão era bacharel em Ciências Jurídicas pela Faculdade de Direito da Universidade Federal de Goiás (UFG).

Advogado, agricultor e industrial, foi prefeito de sua cidade natal, líder da União Democrática Nacional (UDN), deputado estadual e federal, secretário do Interior e Justiça e governador de Goiás de 1979 a 1983.

Como governador do Estado, foi reconhecido por incentivar fortemente a agropecuária, o que projetou Goiás para o futuro.

Ele implementou programas modernos e estratégicos, muito além do seu tempo, como o projeto de irrigação no Rio Formoso, com incentivo à fruticultura e ao desenvolvimento de municípios como São Miguel do Araguaia e Alto Paraíso.

Ary Valadão realizou ações em toda a extensão territorial de Goiás, que nesta época ainda incluía o hoje Estado do Tocantins.

Também foi reconhecido pela construção de escolas com qualidade, e abertura de rodovias nas diversas regiões do Estado.

Ao lado da ex-primeira-dama de Goiás, ex-deputada federal e ex-vice-prefeita de Goiânia, Maria Valadão, foi pioneiro na implantação de programas sociais de grande abrangência, que contribuíram de maneira decisiva para diminuir desigualdades e garantir qualidade de vida para as famílias mais vulneráveis.

Decreto luto oficial por três dias no Estado, ao mesmo tempo em que determino que sejam prestadas a Ary Valadão todas as homenagens, em reconhecimento à sua trajetória de lutas, abnegação, realizações e amor por Goiás.

À esposa Maria Valadão, aos filhos, netos, bisnetos, demais familiares, amigos e a todo povo goiano expressamos nossa solidariedade e sentimentos.

Que Deus, em sua infinita bondade, possa confortar o coração de todos neste momento de consternação e de tristeza.

Ronaldo Caiado
Governador de Goiás