Na tentativa de conter o avanço da violência doméstica em Goianésia, a Câmara Municipal aprovou em primeiro turno nesta segunda-feira, 05, PL - Projeto de Lei - que versa sobre a proibição de nomeação para cargos em comissão de pessoas que tenham sido condenadas pelas leis federais 11.340/2006 (Maria da Penha) e 13.104/2005 (feminicídio) no município de Goianésia.

O PL foi apresentado pelo vereador Múcio Santana e aprovado pelos vereadores presentes à Sessão Ordinária realizada na manhã de hoje, a 3ª do mês de julho.

O texto da publicação continua após a publicidade

Divulgação/CMG

Após ser aprovado em definitivo, o Projeto será encaminhado ao prefeito Leonardo Menezes para ser sancionado. A partir daí, caso seja, qualquer pessoa condenada por feminicídio ou violência doméstica não poderá ser contratado pelo Poder Público Municipal, ou caso já tenha sido contratado, deverá ser demitido.