Nesta terça-feira, 25, durante Sessão Ordinária na Câmara Municipal de Goianésia, o vereador Carlos Gomes, o Carlos Veículos, apresentou requerimento solicitando ao prefeito, Leonardo Menezes, e ao secretário municipal de saúde, Rafael Cardoso, para que genitores, tutores, curadores, cuidadores, trabalhadores que auxiliam nos cuidados e bem-estar de pessoas com deficiência intelectual, tenham prioridade de vacinação contra COVID-19.

O vereador explicou que pessoas portadoras de Síndrome de Down, assim como outras deficiências intelectuais possuem dificuldades de fazer uso da máscara e seguir protocolo de segurança contra COVID-19. No caso da T-21 (Síndrome de Down) é um grupo que possuem imunidade mais baixa do que a população comum, além de que crianças não podem vacinar, e a grande maioria tem problema cardíaco, e facilidade de desenvolver doenças respiratórias. 

O texto da publicação continua após a publicidade

No caso da COVID-19 apresentam fatores de riscos para uma evolução mais grave da doença, assim, como ainda a vacinação não abrange menores de 18 anos, que sejam permitidos aos pais e cuidadores a vacina, como maneira de proteção maior a essas crianças e adolescentes.

O vereador salientou ainda que desta maneira eles poderão trabalhar com mais segurança e os pais se passarão a sentir mais protegidos, tentando evitar transmissão para estes indivíduos que estão mais vulneráveis.

“Interessante ressaltar que indivíduos com Síndrome de Down acima de 18 anos estão incluídos no grupo prioritário de vacinação, deduzindo assim o risco para eles, e enquanto nossas crianças e adolescentes não podem ser imunizados, que haja a tentativa de imunizar as pessoas próximas a eles para protegê-los indiretamente”, argumentou o Carlos Veículos.

O requerimento foi aprovado pelos vereadores presentes e em seguida remetido ao prefeito Leonardo Menezes, e ao secretário de saúde, Rafael Cardoso, para apreciação.