O prefeito Leonardo Menezes visitou na tarde desta quinta-feira, 15, a Unidade de Pronto Atendimento - UPA - de Goianésia para conferir de perto a instalação das Unidades de Terapia Intensiva - UTI's e da Usina de Oxigênio, que serão entregues à população nos próximos dias. Serão 14 leitos de SEMI-UTI e seis leitos de UTI.

Com equipe médica contratada, laboratório funcionando 24 horas, além de manter parcerias com clínicas de imagem da cidade, e tratamento precoce, Leonardo Menezes enfatizou que o apoio do governador Ronaldo Caiado foi fundamental para que este sonho pudesse ser concretizado.

O texto da publicação continua após a publicidade

“Montar UTI não é simplesmente comprar os aparelhos e montar, precisa do profissional da saúde, precisa da expertise. A nossa saída foi contratar uma OS [Organização Social] que já tinha expertise de montar e junto com esta OS, o nosso governador Ronaldo Caiado nos estendeu a mão e vai nos ajudar a montar 14 leitos de semi intensivos e seis leitos de UTI. Está praticamente tudo pronto. É um grande ganho pra nossa cidade. É o resultado do trabalho”, explicou Leonardo.

Já a usina de oxigênio seria montada no novo Hospital Municipal, no entanto, a atual administração resolveu se antecipar e colocar Goianésia em um seleto grupo de cidades que possui este benefício, em Goiás, por exemplo, apenas três cidades possui uma usina de oxigênio, sendo que a de Goianésia produzirá 20m3 de oxigênio por hora e terá capacidade para atender 120 leitos de enfermaria, 20 leitos de UTI, e sete salas cirúrgicas.

A previsão é que as obras sejam inauguradas na próxima segunda-feira.