Nesta segunda-feira, 15, o Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus realizou mais uma reunião e deliberou ao lado do prefeito Leonardo Menezes novas medidas a serem vigoradas durante sete dias em Goianésia para tentar conter o avanço da Covid-19.

As principais medidas foram anunciadas pelo Secretário de Saúde Rafael Cardoso, e pelo prefeito, durante coletiva de imprensa já no período da tarde. Dentre as deliberações estão a aplicação de multas de R$ 1 mil para as pessoas que participarem de festas, e R$ 5 mil para os organizadores, inclusive as clandestinas. O proprietário do imóvel/estabelecimento também será multado em R$ 5 mil

O texto da publicação continua após a publicidade

No tocante aos bares e afins, eles poderão funcionar até às 22h00, de domingo a quinta, e até as 23h00, de sexta a sábado. Após às 22h00 está proibido a venda de bebidas alcoólicas. O decreto estabeleceu ainda que nestes estabelecimentos as pessoas que excederem a quantidade de assentos por mesa (quatro cadeiras), todo grupo será autuado, individualmente, e deverá pagar multa de R$ 500 por pessoa. O mesmo valor de multa será aplicado para quem consumir bebida alcoólica em pé.

A partir de hoje, fica impedido a realização de qualquer tipo de evento na Lagoa Princesa do Vale e suas imediações, com utilização ou não de som automotivo, em qualquer hora do dia ou da noite, não importando o dia da semana. Está proibido também o uso de jet-skis e demais embarcações.

Leonardo Menezes afirmou que o foco não é parar o comércio ou fazer qualquer tipo de lockdown, mas sim evitar aglomerações onde envolvam bebidas alcoólicas.

Confira abaixo como ficou o novo decreto.