Seguindo orientação do governador Ronaldo Caiado, o prefeito Leonardo Menezes resolveu suspender o “feriado” de carnaval em Goianésia, numa tentativa de conter o avanço da segunda onda do coronavírus, com isto, os pontos facultativos que existiria nos dias 15 e 16 ficam suspensos.

A decisão foi tomada durante reunião do Comitê de Combate à Covid-19 realizada no fim da tarde desta segunda-feira, 01, e o decreto contendo as normativas será publicado nesta terça-feira, 02.

O texto da publicação continua após a publicidade

Vale ressaltar que o Estado de Goiás vem em uma crescente no que diz respeito da contaminação de pessoas pelo vírus, e qualquer feriado, ainda prologado, provocaria uma maior disseminação e consequente sobrecarga nos hospitais, e ao contrário que muitos pensam, o carnaval não é um feriado nacional.

Outra decisão tomada durante a reunião e que será publicada no decreto de hoje é a proibição da realização de festas pelos próximos 15 dias. Neste período, os goianesienses ficam proibidos de realizar qualquer tipo de festa, seja ela de casamento, aniversário, bodas, entre outros. Aglomerações com mais de 30 pessoas serão passíveis de punições.