Poderia até ser cena de um filme de drama, mas é a vida real. Em Raleigh, na Carolina do Norte, EUA, um casal de idosos infectados com o novo coronavírus morreu de mãos dadas em hospital da cidade. Segundo a Fox News, Doris Pope, 78 anos, e Sherwood Pope, 82, ficaram uma semana hospitalizados com sintomas graves da covid-19, antes de falecerem. Eles eram casados há 61 anos.

Durante o período internados, os dois precisaram de ventilação mecânica para respirar e, primeiramente, ficaram em leitos separados. Mas, após um pedido de Sherwood, o hospital colocou ambos no mesmo quarto.

Segundo Brian Pope, filho do casal, os funcionários do local montaram as camas lado a lado e os pais ficavam durante muito tempo de mãos dadas. No dia 14 de dezembro, Sherwood morreu no início da tarde. Doris não resistiu minutos depois.

Brian disse que ambos tinham problemas de saúde anteriores. Sherwood tinha histórico de leucemia e Doris já tinha sofrido um ataque cardíaco. Contudo, o filho do casal não sabe como os pais foram contaminados.

Segundo ele, sempre que os dois saíam, utilizavam máscaras de proteção e até luvas. “A pandemia é real, não é uma piada”, alertou ele em entrevista para a Fox.

O filho do casal relembra ainda que os pais eram inseparáveis. “Quando você via ele, via ela. Eles nunca foram para a cama com raiva um do outro”. Brian concluiu dizendo que a fé está mantendo ele e sua família fortes. “Meus pais eram cristãos e temos o conforto em nossos corações de que eles estão no céu”, disse.

No total, a Carolina do Norte registrou 6.342 mortes e mais de 491.000 casos por infecções de Covid-19.