Na manhã desta quarta-feira, 11, a Delegacia Regional da Polícia Civil em Caldas Novas, no Sul de Goiás, confirmou que o corpo encontrado no último sábado, 07, em um terreno baldio, na Rua Caiapó, no Setor Bosque Araguari, no município mineiro de mesmo nome, é do candidato a vereador em Caldas Novas, Sandoval Damásio dos Santos, conhecido como Sandoval Leão (PT), flagrado estuprando uma cadela no dia 31 de outubro. O crime foi filmado por um dos vizinhos do homem.

O delegado regional de Caldas Novas, Gustavo Ferreira, explicou que informações preliminares da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) apontam que a morte foi suicídio. Segundo o investigador, no dia anterior Sandoval registrou uma ocorrência de perda de documentos. Ainda na sexta, ele esteve em uma Unidade de Pronto Atendimento - UPA - em busca de atendimento médico e chegou a colar a identificação na camiseta.

O texto da publicação continua após a publicidade

No terreno baldio, onde o corpo foi localizado, os policiais encontraram uma carta em que Sandoval pede perdão a familiares e a Deus pelo crime cometido. Ferreira explica que foi solicitada cópia do laudo cadavérico e o inquérito policial instaurado no município por maus tratos será finalizado devido a morte de Sandoval.