A onda de calor que assola o centro do Brasil deve permanecer até a segunda quinzena deste mês. A previsão é do Instituto Nacional de Meteorologia - InMet, consultado pela Agência Brasil. Hoje em Goianésia, a temperatura máxima em Goianésia está variando entre 38 e 39º C, mas a partir de quarta-feira, 07, os termômetros poderão marcar 40º C.

As altas temperaturas devem-se a uma massa de ar seco posicionada sobre a região central do país, que impede a chegada das frentes frias e outros eventos climáticos que poderiam trazer maior nebulosidade e ocorrência de chuvas. Por falar nela, o feriado prologado em Goianésia deve ser com chuva. De acordo com o The Weather Channel, a partir de domingo, 11, a probabilidades de chuvas (30%), com uma probabilidade maior (50%) na terça-feira, 13, no entanto as temperaturas continuarão altas.

O texto da publicação continua após a publicidade

“A massa de ar quente funciona como se fosse um bloqueio que impede o sistema de formar nuvens, e não ocorrem as chuvas. O canal de umidade que vem do Norte não consegue adentrar no Centro-Oeste trazendo chuvas”, explicou Heráclio Alves, meteorologista do Inmet.

Na segunda quinzena de outubro, essa massa de ar seco deve perder força. Com isso, a frente fria vinda do Sul avançará gradativamente, permitindo a formação de nuvens e a presença de chuvas no centro do Brasil.

Alves disse que não é possível prever ainda como as temperaturas ficarão na segunda quinzena deste mês. Segundo o meteorologista, quando se iniciam as chuvas, já começa a ocorrer uma queda bastante significativa de temperatura, mas isso pode variar de dia para dia.

Ele explicou que, uma vez que a frente fria se desloque do Sul para o Norte, as temperaturas e a seca devem ser amenizadas primeiramente no Sudeste, em Mato Grosso do Sul e sul de Goiás e depois se expandir para Mato Grosso, Distrito Federal, Tocantins e sul do Pará.

A massa de ar seco deve se deslocar para o oeste da Região Nordeste, contribuindo para o tempo seco no sertão, característico deste período.

Cuidados
Devido ao forte calor e a baixa umidade do ar, podendo ficar abaixo de 12%, o Inmet publicou um “Alerta Vermelho” das 12h00 às 17h00 para algumas regiões de Goiás, entre elas, Goianésia, tendo grande risco de incêndios florestais e à saúde (doenças pulmonares, dores de cabeça e etc).

Alguns cuidados devem ser tomados neste período, como beber bastante líquido, evitar atividades físicas (pois são nocivas em tempo seco) e exposição ao sol nas horas mais quentes do dia, use hidratante para pele e umidifique o ambiente, evite bebidas diuréticas (café e álcool).