Uma mulher de 34 anos foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros no início da tarde deste domingo, 09, no Bairro Nova Aurora, região oeste de Goianésia, e levada consciente para a Unidade de Pronto Atendimento - UPA - depois de receber ao menos quatro golpes de faca.

A vítima, Marivane Cardoso dos Santos, explicou aos policiais que um home chegou em sua casa e tentou agredir seu companheiro, neste momento ela tentou defendê-lo, vindo a lhe causar algumas lesões, como três ferimentos corte contuso na cabeça e um no braço direito.

Ela sofreu três facadas na cabeça e uma no braço direito.

O suspeito das agressões evadiu e não foi encontrado pela polícia.

Agressão por pedra
Neste domingo, o Corpo de Bombeiros ainda prestou atendimento a duas vítimas de agressão física. Por volta das 17h10, eles deslocaram até a Rua 38, Bairro Nossa Senhora da Penha, onde atendeu Valderson Gomes da Cruz, de 34 anos. Ele havia sido agredido com pedradas, estava inconsciente, e apresentava contusão no rosto. Após receber os primeiros socorros Valderson Gomes foi deixado sob os cuidados médicos na UPA. Já o suspeito de tê-lo agredido, foi detido em flagrante pela Polícia Militar e levado para a Delegacia de Polícia.

Já na manhã desta segunda-feira, 09, por volta de 06h00, Leandro Borges Vieira, de 31 anos, foi socorrido pelos bombeiros na Avenida Brasil, Bairro Santa Luzia, depois de também ser agredido por pedradas. Ele relatou que correu do agressor por cerca de 1 km e depois sentou-se no meio-fio. Com um ferimento corte contuso na cabeça, ele recebeu os primeiros socorros e foi levado consciente para a UPA.