Suspeito foi detido na praça da Avenida Bahia - Imagem: Divulgação/Polícia MilitarGerson da Silva Aguiar, de 25 anos, foi detido na noite desta quarta-feira, 08, poucas horas após desferir golpes de faca em Gabriel Cardoso de Miranda, de 21 anos. O fato aconteceu em uma distribuidora de bebidas localizada na Avenida Goiás, região central de Goianésia.

De acordo com o Registro de Atendimento Integrado da Polícia Militar, por volta das 19h40 policiais militares deslocaram ao local para atender uma tentativa de homicídio, onde se depararam com a vítima sentada em um sofá do ambiente interno do comércio com perfurações na região do tórax. De imediato foi providenciado o socorro à vítima que foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento - UPA.

Segundo relato das testemunhas, no momento do crime haviam duas pessoas no local consumindo bebidas alcoólicas, sendo Gabriel Cardoso, e Débora Dias de Oliveira, de 22 anos. Momentos antes, o suspeito Gerson da Silva esteve no estabelecimento e após agredir a vítima com uma chave de fenda, disse que voltaria para matá-lo. Em seguida, Gerson teria ido até sua casa e retornando de posse de uma faca tipo peixeira, com aproximadamente 20 cm de lâmina. Ele entrou rapidamente e surpreendeu o casal, que estavam de costas dentro da conveniência. Sem qualquer discussão foi em direção a Gabriel Cardoso e desferiu vários golpes de faca que o atingiu na região do tórax.

De acordo com as testemunhas, o agressor só parou de atacar a vítima quando foi interrompido por terceiros, mediante vários golpes de cadeiras, foi quando com a faca em punho ameaçou os que estavam ali presentes e evadiu tomando rumo ignorado.

De posse das características repassadas pelas testemunhas, e imagens de segurança, o suspeito foi identificado, e assim, os militares saíram à sua procura de Gerson. Os policiais foram até sua casa, mas não foi encontrado, no entanto, os PM’s foram informados que o suspeito já havia passado em sua casa e arrumado sua mala para fugir.

Mesmo diante dessas informações, as equipes de serviço continuaram as diligências e por volta de 00h00, durante patrulhamento, policiais militares visualizaram um movimento estranho de uma pessoa sozinha no meio da Praça da Avenida Bahia, e ao averiguarem perceberam que se tratava do suspeito do crime através de uma tatuagem na mão.

Ao ser detido, Gerson confessou a agressão e ainda informou que havia jogado a faca dentro de uma oficina situada na Rua 29, esquina com a Rua 26, no Bairro Carrilho. Deste modo, ele recebeu voz de prisão e foi levada para a 15ª Delegacia Regional de Polícia juntamente com a faca utilizada na tentativa de homicídio.

Faca que teria sido usada no crime foi apreendida - Imagem: Divulgação/Polícia Militar

Já a vítima, Gabriel Cardoso, se encontra em observação na UPA após ser submetida a exames de Raios-X e Tomografia. Seu estado de saúde é considerado bom e não corre riscos. Sua acompanhante, Débora Dias, com uma perfuração na mão direita foi medicada, submetida a sutura e também passa bem.