Policiais civis de plantão na 15ª DRP - Delegacia Regional de Polícia - de Goianésia efetuaram a prisão de W. A. B., de 33 anos, suspeito de estar aplicando golpes na cidade, no que diz respeito à venda de lotes.

Ele foi detido em um posto de combustíveis na região norte de Goianésia no exato momento em que se preparava para aplicar mais um estelionato. No entanto, o suspeito já vinha sendo investigado pela polícia que conseguiu prendê-lo antes que ele fizesse mais uma vítima.

O golpe
As investigações apontam que W. A. B. utilizava um aplicativo de compra e vendas “OLX” para anunciar ágios de lotes na cidade por um preço muito abaixo do praticado no mercado. Assim, solicitava um adiantamento em dinheiro das vítimas interessadas e faziam um contrato de compra e venda no cartório, porém, o suspeito não era o proprietário dos lotes que anunciava.

Com o contrato em mãos e com os dados da vítima, W. A. B. se dirigia ao comércio local e fazia compras se passando por aquela pessoa, falsificando as assinaturas das vítimas, obtendo deste modo, para si, vantagem ilícita em prejuízo alheio.

Segundo a polícia, ao menos quatro vítimas do estelionatário tiveram prejuízos. Os valores envolvidos não foram divulgados pela polícia. Com o suspeito foram encontrados diversos documentos, possivelmente fraudulentos.

O suspeito foi autuado em flagrante pela prática de seis crimes de estelionato em continuidade delitiva e encontra-se recolhido no presídio local a disposição do Poder Judiciário.